Curitiba:

Rua Pedro Collere, 35, esquina com Av. Presidente Getúlio Vargas

São Paulo (Unidade 1):

Av. Pedroso de Morais, 2350 - Alto de Pinheiros

São Paulo (Unidade 2):

Av. Pedroso de Morais, 1619 - cj 309

Mitos e Verdades
MITO. A água não tem a capacidade de penetrar na raiz dos cabelos, que está localizada a 0,5cm de profundidade, na terceira camada da pele, o tecido celular subcutâneo (gordura). O grande desafio da indústria cosmética é fazer com que os produtos penetrem, pela pele possuir uma barreira importante contra a penetração de microorganismos, e para impedir a perda de água. A limpeza não adequada dos fios e do couro cabeludo faz com que o Pityriosporum Ovale, fungo que faz parte da flora saprófita do local, se prolifere gerando uma inflamação conhecida como Dermatite Seborréica ou "Caspa". As glândulas sebáceas são muito abundantes no couro cabeludo. Assim, quem tem tendência à oleosidade e não lava os cabelos todos os dias, faz com que o sebo em excesso prejudique a oxigenação dos poros e a saúde dos fios. É muito mais aconselhável lavar os cabelos todos os dias.
MITO. A lavagem não é a causa da queda dos cabelos. Estes passam constantemente por um ciclo de crescimento, repouso e queda. Estes cabelos que caem com o ato da lavagem, com o ato de pentear ou quando se faz uma tração leve já estavam literalmente soltos. Se você puxar os cabelos em fase de crescimento, que são a maioria, eles não saem todos em sua mão.
MITO. É uma proteína chamada mucina que está aderida ao fio de cabelo. A raiz sempre fica na parte profunda da pele, e vai gerar um novo fio para substituir aquele de caiu.
MITO. As loiras têm 140.000 folículos (raízes), as morenas têm 110.000 folículos, as negras têm 108.000 folículos, e as ruivas têm 90.000 folículos.
Aproximadamente 5 MILHÕES. No couro cabeludo estão em número de 90.000 a 140.000 fios.
MITO. Os cabelos crescem cerca de 0,33mm por dia, ou 1cm ao mês. As células dos cabelos se dividem a cada 12 horas. Existe uma programação genética para o tempo de multiplicação destas células, por isso os tratamentos fortificam os fios, e estes vêm mais saudáveis, porém no mesmo tempo. Por isso que um tratamento capilar não gera resultado em 1 ou 2 meses. Deve-se esperar pelo menos 6 meses para se avaliar a resposta ao tratamento.
VERDADE. Um pouco mais rápido que no inverno. E caem um pouco mais no outono.
MITO. Se seu avô por parte de mãe for calvo, você terá 50% de chance de ser calvo. Ou seja, a genética vem 50% do pai e 50% da mãe. Se a história familiar é só de um lado, a chance é de 50%, se é dos dois lados, a chance da calvície se manifestar sobe para 75%.
MITO. A "caspa" é conhecida cientificamente por Dermatite Seborréica ou seborréia. Você não "pega" de alguém, não é transmissível. A seborréia ocorre nas pessoas que tem predisposição genética para desenvolverem a mesma. É um excesso de oleosidade do couro cabeludo por produção aumentada de sebo pelas glândulas sebáceas, e há também uma inflamação gerada pela multiplicação do fungo Pityriosporum ovale que habita a região. Porém não é considerada micose! Como é uma condição crônica, ou seja, não tem uma cura definitiva, a pessoa que tem "caspa" deve sempre usar shampoos específicos semanalmente ou diariamente de acordo com a gravidade. Se houver a interrupção completa do uso do shampoo, ela tende a retornar. Em casos muito severos, indica-se uso de loções e medicamentos específicos que devem ser orientados pelo médico.
MITO. A tintura age nos fios e não na raiz dos cabelos. O que pode ocorrer é o enfraquecimento da haste dos cabelos resultando fios mais fracos, ressecados, com pontas duplas e com tendência a quebra.
NÃO NATURALMENTE. Só através de tintura. Nos cabelos que ficaram brancos houve a perda da função da célula melanócito que gerava o pigmento melanina. Não há como recuparar esta função. A transformação dos fios pigmentados em brancos é chamado de canície. A época em que isto ocorre também é originado geneticamente. O branqueamento se inicia na terceira década de vida na região das têmporas e se espalha. Na idade de 50 anos, 50% da população tem pelo menos 50% de cabelos brancos.
Em circunstâncias normais, a cor dos cabelos é dada pela presença de um pigmento chamado Melanina. Este pigmento é produzido por células chamadas Melanócitos, que estão localizadas no bulbo (raiz) dos folículos pilosos. A Melanina é distribuída para as células da matrix (células que quando se multiplicam geram os cabelos), que formarão a região do córtex. As variações de cores dos cabelos é dada pelos 2 tipos de melanina existentes: a primeira chama-se EUMELANINA, que origina as cores marrom e preta; e a segunda chamada FEOMELANINA, que origina as cores loiro e ruivo.
MITO. Como os shampoos ficam pouco tempo em contato com o couro cabeludo (só alguns minutos), não dá tempo dos ativos penetrarem nos poros e ter ação na raiz. Os shampoos tem uma melhor ação nas alterações da pele do couro cabeludo como "caspa", oleosidade, psoríase de couro cabeludo, infecções fúngicas ou bacterianas. As loções capilares indicadas pelo médico como as loções de minoxidil tem uma ação comprovada, mas devem permanecer no couro cabeludo por pelo menos 4 horas.
MITO. Na verdade não é a espuma que "lava" realmente os fios. Os tensoativos ( detergentes ) dos shampoos entram em contato com a sujeira, eliminando a maior parte da espuma na primeira lavagem. Em uma segunda lavagem, já sem tanta sujeira, há maior formação de espuma. Então, não se preocupe se o shampoo que seu médico lhe indicou não faz tanta espuma. Isto não significa que ele não é bom.
VERDADE. Todas as situações que ressecam a pele do couro cabeludo como uso de secador muito quente, exposição ao sol por períodos longos e banhos muito quentes, geram um "efeito rebote", ou seja, o organismo interpreta que a pele está muito seca e produz ainda mais óleo.
VERDADE. O sol age nos fios desbotando-os, ressecando-os, por isso sempre que se expor ao sol por longos períodos, recomenda-se o uso de filtro solar para cabelos. O filtro solar para a pele não é recomendado para os cabelos. São produtos diferentes.
VERDADE. O condicionador deve ser usado tanto por mulheres quanto por homens. Os fios dos cabelos têm carga elétrica. Os shampoos têm carga negativa, por isso abrem a cutícula (camada mais externa) permitindo a limpeza. Os condicionadores têm carga positiva, fechando a cutícula. A integridade desta cutícula é que gera o aspecto saudável dos fios, o brilho e a maciez.
É formada pela cutícula, córtex e medula. Cutícula: Possui entre 5 e 10 camadas de células com 0,5-1um de espessura e 45um de comprimento. A cutícula forma uma barreira contra a penetração de agentes químicos no interior dos fios. Quando danificadas, afetam a penteabilidade, o tato, o brilho e a sedosidade dos cabelos. Córtex: Principal componente da haste do cabelo, o córtex é formado por proteínas fibrosas que dão força, forma e cor aos cabelos. Medula: Distribui proteínas ao longo dos fios do cabelo. A medula não está sempre presente ou de forma descontínua, são células quase vazias com conteúdo protéico característico pela ausência de cistina e alta concentração de ácido glutâmico e citrulina.
MITO. A pessoa que não tem predisposição genética para queda não ficará calva pelo uso de boné. Aquela que tem esta predisposição genética, com ou sem o uso frequente de boné ou chapéu, ficará calva. O que pode ocorrer e o aumento da oleosidade do couro cabeludo e isto pode agravar a queda dos cabelos por falta de oxigenação adequada dos folículos e por aumento da formação de DHT.
MITO. O corte dos cabelos só atinge a haste dos fios. Não há nenhuma ação na raiz dos mesmos para poder ter uma ação fortificante. Quando os cortamos, parecem mais saudáveis pois retiramos a parte danificada ( pontas duplas, fios quebrados, fios danificados por tintura, sol, etc.)